informação

Alagoas poderá ser o estado com maior renovação na bancada federal

Foto: Divulgação

A conta é simples. Dos 9 Deputados Federais eleitos já temos 3 que declaram não ser candidato à reeleição. Assim de largada a renovação já é de 33%.

Dos que não irão à disputa temos Cícero Almeida, o campeão de infidelidade partidária que rodou em 5 partidos e parou no minúsculo PHS, já disse que será candidato a Estadual. Isso se vencer juridicamente o processo que lhe foi imposto, mantendo elegibilidade.

Os Ministros Alagoanos Maurício Quintella (PR) e Marx Beltrao (PSD) são pré-candidatos a Senador.
Quintella terá pelo PR o Deputado Sergio Toledo disputando a câmara com reais chances de vitória, assim será o representante do partido.

Já Marx terá o irmão Maykon como candidato a Federal substituindo o assento da Família que veio de Joaquim Beltrão, atual Prefeito de Coruripe.

Ainda há uma possibilidade de inelegibilidade de Paulão (PT) em ações penais que tramitam no STF, que confirmado seria praticamente metade da bancada renovada.
Dos demais Deputados Pedro Vilela (PSDB), Arthur Lira (PP), JHC (PSB) Carimbão (Avante) e Ronaldo Lessa (PDT).

Como a eleição é jogo duro e para profissionais, acaso qualquer um desses não consiga renovar mandato já passariam de 50%.
Ou seja há uma possibilidade de renovação da maioria dos Deputados Federais.

Além de Sérgio Toledo e Maykon Beltrão também poderemos ter um neófito do PRTB, na chapinha puro sangue que Adeilson Bezerra promete fazer um federal.

O ex deputado José Thomaz Nonô que tentará retomar cadeira que ocupou, Nonô conhece o caminho da Câmara onde nunca perdeu uma eleição para Deputado Federal. Severino Pessoa é uma promessa de conquistar uma nova vaga, muito bem articulado no interior.

O ex Deputado Gilvan Barros que se filiou ao PSD com desejo de disputar para Federal, se confirmar é forte candidato também.

E ainda temos a possibilidade Rodrigo Cunha, o coringa tucano que pode ser candidato ao Governo ou Senado, mas 9 em cada 10 analistas o dão como certa a sua eleição de Federal se encarar a disputa.

E também não podemos deixar de fora o candidato do MDB, partido que mantem hegemonia política no estado, sempre teve um representante eleito por Alagoas na Câmara Federal e poderá alçar algum candidato caseiro como José Wanderley, Fábio Farias ou ate Luciano Barbosa, o Federal dos Calheiros já larga como favorito.

Categorias:informação, Política