quinta, 17 de outubro de 2019. 02:36
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Alex Escobar, da Globo, humilha o próprio filho gay que tenta suicídio e implora por ajuda: “Monstro”

2019-10-03 16:36:00, Por: Sergio Marcos

Alex Escobar, da Globo, humilha o próprio filho gay que tenta suicídio e implora por ajuda: “Monstro”

Foto:Divulgação

Pedro Escobar, filho do apresentador do Globo Esporte Alex Escobar, usou as redes sociais para fazer um desabafo sobre o relacionamento com o pai. No Twitter, o rapaz de 19 anos, que afirma ter depressão, alegou que passou momentos difíceis com o jornalista após assumir a homossexualidade. “Estou a beira de cometer suicídio e ele continua tratando tudo isso como ‘mimimi’. Esse homem é um monstro“, escreveu.

“O meu pai é o apresentador do Globo Esporte, Alex Escobar, e depois de sofrer muitos abusos da parte dele, eu decidi expor e me manifestar”, começa Pedro. “Eu tenho depressão há 5 anos. Desde que ele descobriu que eu era gay e passou três meses sem falar comigo. Depois disso as coisas só foram piorando mais”.

Em seguida ele fala sobre o episódio em que teria tentado tirar a própria vida. “Em dezembro de 2017 eu tive uma tentativa de suicídio onde eu tomei uma grande quantidade de remédios e fiquei internado. Nesta ocasião, a única ação dele foi me dar uma bronca e dizer que sou um ingrato por fazer isso”.

Pedro também acusou o pai de não pagar pensão. “O salário dele é de R$ 80 000 e, fazendo os cálculos, deveria dar R$5.300 (por dividir com minha irmã) por mês, até os 24 anos ou enquanto eu continuar estudando. Porém, no começo desse ano ele me mandou um áudio se recusando a me oferecer qualquer tipo de estudo”.

Procurado pela coluna do jornalista Leo Dias, Alex Escobar afirmou estar sendo injustiçado. “É a minha palavra contra a dele, infelizmente. Pergunta para as pessoas que me conhecem, que convivem comigo, nossa família. Essas pessoas podem dizer melhor do que eu, e podem ter até mais credibilidade, já que estamos falando um contra o outro”.

“Ele toca em temas sensíveis ali, realmente, mas são totalmente mentirosos. Cem por cento das pessoas que convivem comigo podem atestar isso. Estamos todos muito tristes”, disse o apresentador da Globo.

Ao jornal O Dia, a irmã de Pedro, Mariana Escobar, defendeu o pai e afirmou que o irmão é um sociopata. “Meu pai tenta ser com ele o que ele é comigo. Meu pai paga o aluguel dele, a mesada, e custeia os estudos. Mas ele largou o ensino médio”, disse ela.

“Ele teve problemas com a minha mãe, quis se mudar da casa da minha mãe, e a primeira coisa que meu pai fez foi procurar um apartamento pra ele morar. Ele escolheu morar em Niterói pra ficar bem longe da gente. Ele sai direto, faz o que quer com o dinheiro que meu pai dá pra ele”, finaliza.

No Twitter, Pedro também escreveu contra Mariana. “Eu tive uma discussão com a minha irmã, que também foi extremamente abusiva comigo durante toda a minha vida, e provavelmente ela foi falar com ele”.

“Parem de dar palanque para um homem que trata a saúde mental do próprio filho como ‘mimimi’. Eu não tenho renda para entrar com uma ação judicial contra ele e ir atrás dos meus direitos, por isso venho aqui pedir socorro aos meios de comunicação”, finaliza o texto.

O perfil de Pedro Escobar no Twitter foi apagado.

CTR Craíbas