quinta, 17 de outubro de 2019. 02:28
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

A Inserção de DIU pelo enfermeiro é legal

2019-09-12 01:02:00, Por: Sergio Marcos

Foto: Divulgação

Muito me espanta a polêmica em torno de implantação de DIU por enfermeiros. Não entendo o questionamento de alguns colegas profissionais da saúde ou da imprensa.

Estamos cobertos pela Lei, nas mais diversas esferas, temos uma nota técnica do Ministério da Saúde, resoluções do Conselho Federal de Enfermagem, além da Organização Mundial da Saúde. 


O Hospital Sofia Feldman, em Minas Gerais, referência na saúde da mulher e no parto humanizado, já faz o procedimento há anos. 


O DIU é o método contraceptivo reversível mais utilizado no mundo, com taxas de insucesso, menores que 1 a cada 100 mulheres no primeiro ano de uso. No Brasil, apenas 2% das mulheres utilizam. Qual o motivo? Bom, devem haver várias justificativas, mas para mim as duas mais importantes são: falta de conhecimento e a falta de acesso a política do direito reprodutivo e sexual. 


E agora faço outra pergunta: como levar essa política às mulheres brasileiras e alagoanas? Não consigo separar a enfermagem dessa resposta. Apenas com mais enfermeiros capacitados conseguiremos levar mais informações e inserir mais DIUs. 


A fatalidade que aconteceu em Penedo, com a paciente que sofreu um aborto é uma intercorrência que qualquer profissional pode sofrer. O Coren-AL já divulgou nota técnica que afirmou que todo procedimento seguiu todos critérios e recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS). Foi realizado teste rápido de gravidez, além da anamnese, onde não foi identificada nenhum indício da gravidez da paciente. 


Essa fatalidade não pode ir pra conta da enfermagem. Por isso, vamos nos unir! Vamos nos defender.

Por: Diego Albuquerque - Enfermeiro 

CTR Craíbas