sexta, 22 de fevereiro de 2019. 00:41
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Rodovias AL- 220 e AL-145 não tem Iluminação e Sinalização

2019-01-25 00:00:00, Por: Sergio Marcos

Rodovias AL- 220 e AL-145 não tem Iluminação e Sinalização

Foto: Divulgação

Mesmo com o Ministério Público notificando o DER/AL, para recuperar a iluminação pública da AL-220, conhecida por rodovia da morte em Arapiraca, o pesadelo dos motoristas, empresários e transeuntes continua. Os alambrados de proteção da rodovia foram retirados como resposta ao MP e a população que precisa trafegar com segurança.

Na reportagem abaixo pelo site Central do Sertão, mostra que o governo do estado parece brincar com vidas alheias. A rodovia AL-145 que liga os municípios de Água Branca e .Mata Grande, precisamente no povoado Santa Cruz do Deserto tem constantes acidentes e alguns com vítimas fatais.

Acompanhe a reportagem.

 

Foto: Divulgação

Edil esteve acompanhado do diretor/presidente do Inmeq Luiz Pedro.

Mal iniciou o mandato, o vereador Tony Lima (MDB), viajou até Maceió onde acompanhado do Diretor/Presidente do Inmeq/AL Luiz Pedro, se reuniram com o Presidente do DER/AL – Departamento de Estradas e Rodagens de Alagoas para reivindicar melhorias na sinalização e campanhas educativas de conscientização referente ao trânsito na rodovia AL-145 que liga os municípios de Água Branca e Mata Grande.

A ação foi uma resposta do edil as inúmeras cobranças da população do Povoado Santa Cruz do Deserto devido aos constantes acidentes, alguns com vítimas fatais. Na ocasião, Tony Lima e Luiz Pedro ainda aproveitaram o momento para agradecer pela conclusão das obras da rodovia e para reivindicar o início das obras do trecho que liga Mata Grande a BR-316 prometido pelo Governador Renan Filho durante a campanha eleitoral.

Fonte: Central do Sertão

O Governo do Estado precisa não somente fazer rodovias, como também dar manutenção em sinalização e iluminação, facilitando a vida de quem roda nas estradas alagoanas. E a população Arapiraquense precisa de uma resposta do Ministério Público para resolver essa celeuma que perdura por meses prejudicando a todos.

CTR Craíbas