segunda, 23 de setembro de 2019. 02:49
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Após demissão de Felipão, Palmeiras abre negociação com Mano Menezes

2019-09-02 21:02:00, Por: Sergio Marcos

Após demissão de Felipão, Palmeiras abre negociação com Mano Menezes

Mano Menezes está desempregado desde 8 de agosto, quando acabou demitido pelo Cruzeiro (Gledston Tavares/Gazeta Press)

O Palmeiras tem pressa para definir o substituto de Felipão, demitido no início da noite desta segunda-feira. E a bola da vez é Mano Menezes. Tanto que o ex-treinador do Cruzeiro já foi procurado por um representante alviverde.

Ainda não há uma proposta oficial, mas Mano ouviu que o Palmeiras quer contratá-lo. É provável que o diretor-executivo de futebol, Alexandre Mattos, formule uma oferta nas próximas horas, a fim de tê-lo no máximo até quarta-feira treinando o time.

O presidente Maurício Galiotte e o próprio Mattos já haviam admitido a pessoas próximas que Mano Menezes tem o perfil ideal para o clube, conforme o Blog revelou com exclusividade no último sábado. O gaúcho, inclusive, recebeu uma proposta oficial dessa mesma diretoria em dezembro de 2017, quando comandava o Cruzeiro.

Somente se não houver acordo financeiro com Mano, o Palmeiras pensará em um treinador estrangeiro ou em Abel Braga.

O Blog também apurou que Wesley Carvalho já foi avisado de que será o responsável por comandar o treino do time profissional nesta terça-feira, quando o elenco se reapresentará. Ele é o comandante do time sub-20 e havia sido o interino antes da chegada de Felipão, no ano passado.

Bastidores da queda: Sem treino nesta segunda-feira, Felipão acabou demitido em sua casa. O treinador recebeu Alexandre Mattos e Cícero de Souza, quando foi comunicado da dispensa. O contrato de Felipão com o Palmeiras só terminaria em dezembro de 2020, e, pela quebra, ele terá direito a um salário de multa rescisória - ou seja, R$ 500 mil. O gaúcho ainda ganhava outros R$ 300 mil mensais de direitos de imagem, que não entram nessa conta da multa.

 

CTR Craíbas