tera, 25 de junho de 2019. 06:47
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

ARAPIRACA GANHA SEU ÚNICO GRUPO DE XAXADO

2019-06-09 09:45:00, Por: Sergio Marcos

ARAPIRACA GANHA SEU ÚNICO GRUPO DE XAXADO

Xaxado Nação Cangaço estreou no teatro do Sesc Arapiraca (Foto: Breno Airan)

Você sabia que os cangaceiros tinham uma dança própria, o xaxado? Para comemorar um feito, eles faziam uma roda e dançavam, arrastando os pés e batendo os rifles.

Os tempos de cangaço se foram, mas o ritmo permaneceu na nossa Cultura, com um estilo de dança bem peculiar.

Promovendo o resgate desta tradição nordestina, o grupo Xaxado Nação Cangaço estreou nesta sexta-feira (7) no Teatro Hermeto Pascoal para a imprensa e convidados, no Sesc Arapiraca.

ARAPIRACA GANHA SEU ÚNICO GRUPO DE XAXADO

Grupo arapiraquense integrou o teatro no espetáculo (Foto: Breno Airan)

Os 123 lugares estavam tomados de pessoas empolgadas, que vibraram a cada passagem teatral e musical.

“Resolvemos ousar, já que este é o único grupo de xaxado de Arapiraca atualmente. Integramos também o teatro na nossa apresentação, o que não é comum. Mas a dramaticidade mostra um pouco do que foi viver àquela época do cangaço e de um Sertão sem muitas oportunidades”, diz o idealizador e coreógrafo Eduardo Kellvy Rodrigues, que também está por trás do Coco de Roda Balança Mas Não Cai.

Eles pegaram o bando do controverso Virgulino Ferreira, o “Lampião”, que é admirado por uns e criticado por outros, para servir como pano de fundo para o enredo com fugas da polícia, famílias assustadas e muita valentia.

ARAPIRACA GANHA SEU ÚNICO GRUPO DE XAXADO

A dança é típica dos bandos do cangaço nordestino (Foto: Breno Airan)

Segundo Rodrigues, o grupo está ensaiando desde o dia 20 de novembro do ano passado para fazer bonito nas performances ao longo deste São João, seja em Arapiraca ou fora do município.

Ao todo, são 14 dançarinos envolvidos; exatamente sete casais. Um outro fato inovador, pois geralmente os grupos de xaxado se apoiam em cinco casais.

Assim, o tablado ganha mais gente a dançar e o público se deleita com mais poeira a levantar. Vida longa ao Xaxado Nação Cangaço!

 

CTR Craíbas