quinta, 23 de maio de 2019. 17:55
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Câmara de Vereadores de São Sebastião Promove Audiência Pública

2019-03-15 11:25:00, Por: Sergio Marcos

Câmara de Vereadores de São Sebastião Promove Audiência Pública

Foto: Divulgação

Na Quarta (13), a Câmara de Vereadores de São Sebastão recebeu representantes da Casal, os Srs. Eduardo Almeida - Supervisor do Interior, Tácito Marques - Gerente Regional de Arapiraca, Advogado -  Dr. Audir Marinho, Chefe de Núcleo - Tadeu Dias. Para audiência pública, com o plenário da Cãmara lotado de populares, para debater a falta D'água no município que há casos de faltar água nas residências até 60 dias.

O Presidente da Câmara, vereador Elito Curtinho (PV), presidiu a sessão com competência, imparcialidade e equilíbrio cujo o foco era a busca de solução da falta d'água que castiga o povo de Salomé. Observando que mesmo existindo o problema, a conta chega na casa do consumidor em valores absurdos.

Presidente Elito Curtinho contou com a presença dos colegas edis: Marcelo Porto (PCdoB), Vando da Cana Brava (PSL), Odete (PP), Professora Rosângela (PSDB), Ana Pacheco (PP), Jailton da Fecom (PRB), De do Campo (PSDB), Marcones Móveis (PSDB), Gilberto Cirilo (PSDB) E Manoel do Gongo (PP).

Presidente Elito Curtinho abriu a a audiência pública agradecendo os diretores da Casal, aos vereadores e ao público presente que lotou a galeria da câmara. Em seguida deu a palavra ao Sr. Tácito Marques para fazer sua explanação sobre a falta de água que foi assim exposto e defenido que o problema não era a água, e sim, o problema era técnico. Foi apresentando estudo populacional indicando que em 2010 São Sebastião tinha 32 mil habitantes, e 2018 cresceu para 34 mil habitantes, que é normal diga - se de passagem.

Em seguida geograficamente mostrou o que todos já sabiam que o município tem 315 km quadrado. Também confirmou o que todos também sabe que a captação da água fica no Pov. Riachão, no Município de Junqueiro que abastece São Sebastião no sistema coletivo.

Mostrou também que a extensão, o percurso de Junqueiro para São Sebastião é de 9.200 Mt, ou seja, 9km. E que passa nessa extensão em propriedades particulares. E no trecho de 1km desta extensão, existe uma elevação de 302 mt de altura, justificando o bombeamento de água. Ainda dentro dessa extensão, existe duas derivações para abastecer o povoado Mutirão em Junqueiro, e o Povoado de Rancho Alegre em São Sebastião.

O Sr. Diretor Tácito Marques fez uma comparação em ligações registradas pela Casal de Junqueiro que tem 3.338 e São Sebastião 3.418. E 47% da água em São Sebastião era desviada, (o famoso gato). A População presente já estava cansado de ouvir o mesmo do mesmo e estava ficando impaciente.

Em Seguida a proposta apresentada já pelo Eduardo Almeida - Supervisor do Interior, que antes lamentava o problema justificando - se ao público presente. E informou que a Casal iria investir 1,2Milhão para resolver problema de falta d'água da região. Em seguida, segundo sua fala, para amenizar o problema até lá, a Casal até fez uma normativa para enviar a população de São Sebastião, pasmem senhores leitore, a beira do absurdo esta proposta. A Casal iria enviar dois caminhões pipas por semana para matar a sede do povo São Sebastião.   

Os populares que já estavam impacientes ouvindo o que já sabiam do diretor anterior, e quando ouviu essa proposta indescente e imoral do diretor da Casal a Câmara explodiu com sentimento de repúdio e repulsa não só da população presente como também de todos os vereadores. Foi preciso o Presidente Elito Curtinho Interver para acalmar os ânimos e continuar a audiência que de pronto foi rejeitado.

Foi então apresentado  outra proposta da Casal e aprovado pela população que  não havendo consumo de até 5mil litros não haverá cobrança. O Consumidor deve ir até a Regional de Arapiraca com o papel da conta e apresentar para dar baixa. Isso até resolver o problema que eles batizaram de técnico.

O Vereador Vando da Cana Brava, Neno Izidoro, Jailton Fecom, Ana Pacheco e a Professora Rosângela se pronuciaram afirmando que está com o povo e pediu a Casal para resolver o mais rápido possível a falta d'água. Professora Rosângela ainda em sua fala disse que os 47% da água desviada, que caracteriza gato tem que ser punido e a população que paga a sua conta  em dias não pode ser penalizada.

O vereador Marcelo Porto usou a palavra dizendo que confia nos diretores da Casal e conta com a conpreensão da empresa para solucionar o problema. Pois a população não pode sofrer tanto pelo líquido precioso.

Por sua vez a população agradeceu aos vereadores pela iniciativa em chamar a Casal para debater problemas em benefício do povo.

O Vereador Elito Curtinho agradeceu a todos por participarem da audiência pública.

CTR Craíbas