quarta, 17 de julho de 2019. 14:03
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

CRAÍBAS, ALERTA VERMELHO!

2019-05-07 19:50:00, Por: Sergio Marcos

CRAÍBAS, ALERTA VERMELHO!

Foto: Divulgação


Preocupado com o alto índice de infestação predial do Aedes aegypti transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika vírus, que de acordo com o Levantamento Rápido de Índices de Infestação de 2019, feito pelo Ministério da Saúde, Craíbas apresenta o segundo maior índice de Alagoas, com 10,60%, (perdendo apenas para Satuba com 10,90%), sendo que o satisfatório é o índice inferior a 1º, o prefeito Ediel Leite (MDB) se reuniu na manhã desta terça-feira (07), com a secretária de saúde Tathiane Queiroz, a coordenação de vigilância em saúde e com agente de endemias.

CRAÍBAS, ALERTA VERMELHO!

Publicidade


Durante a conversa com os servidores municipais, o chefe do poder executivo pediu detalhes da real situação do município e em seguida solicitou um plano de ação imediato, incluindo uma verdadeira força tarefa visando intensificar as ações de prevenção contra a dengue, zika e chikungunya, ou seja, combater a proliferação do mosquito. “Estamos preocupados com esse alto índice de infestação do Aedes aegypti, por isso vamos fazer tudo que estiver ao nosso alcance para reverter essa situação alarmante, mas, para que isso aconteça precisamos também contar com o apoio dos moradores, pois, sem a participação ativa deles, o poder público sozinho não consegue alcançar o objetivo almejado”, enfatizou.

Ainda segundo o Ministério da Saúde, em Alagoas, comparando com o mesmo período do ano passado, os casos prováveis de dengue aumentaram 270,5%, os de chikungunya, 188,6% e os de zika, 66,7%.

O armazenamento de água no nível do solo (doméstico), como tonel, barril, foi o principal tipo de criadouro no país, seguido dos depósitos móveis, caracterizados por vasos/frascos com água, pratos e garrafas retornáveis. Por último, depósitos encontrados em lixo, como recipientes plásticos, garrafas PET, latas, sucatas e entulhos de construção, sendo passíveis de remoção.

CTR Craíbas