segunda, 17 de junho de 2019. 06:14
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Dama de ferro manda, prefeito obedece e Igaci padece.

2019-04-06 20:38:00, Por: Sergio Marcos

Foto: Divulgação

 
O martírio da população de Igaci continua e parece que não findará até que se encerre o mandato do prefeito Oliveiro Piancó. Em todos os setores da administração municipal, a dama de ferro interfere com seu poder avassalador e joga o gestor num caos de gestão e em um poço de rejeição.

Não satisfeita com várias indicações suas em vários setores da gestão, a dama de ferro tem emplacado sua irmã, médica Guacira, há cerca de dois anos na secretaria de saúde do município de Igaci, o que tem provocado uma insatisfação inimaginável na população feminina que depende do exame de ultrassom gestacional, feito pela médica Guacira, irmã da dama de ferro.

Não diferente de sua irmã, a dama de ferro, secretária de planejamento de Igaci, Srª Guaira, Guacira só aparece na cidade duas vezes por mês e realiza cem ultrassons em um dia, totalizando duzentos exames de ultrassons em dois dias por mês para obter produtividade, objetivando a quantidade e não a qualidade do serviço, o que tem gerado revolta na população de Igaci, comprometendo a saúde feminina da cidade. Algumas pacientes da médica Guacira, irmã da dama de ferro, relataram que a médica não faz questão de ser atenciosa com as gestantes e muito menos educada, também afirmaram que o exame de ultrassom gestacional é feito em tempo recorde e a rapidez é tamanha que, segundo uma paciente que não quis se identificar, quando achou que estava iniciando o procedimento, o mesmo já havia acabado, disse também, que já há médicos, inclusive do quadro da gestão municipal, que não estão aceitando o resultado dos exames feitos pela irmã da dama de ferro.

Esse tema já foi pauta na câmara de vereadores de Igaci e a cobrança para adotar as medidas necessárias, foram feitas ao prefeito, mas nem à câmara o prefeito escutou. O que se percebe é que a dama de ferro manda, o prefeito obedece e Igaci padece.

A redação do site alpolitica.com procurou a secretária de saúde para ouvir a versão da gestão, mas a mesma não foi encontrada.

Fonte: alpolítica.com

CTR Craíbas