quarta, 20 de novembro de 2019. 05:14
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Desfalcado, Flamengo vence Fortaleza de virada

2019-10-16 23:05:00, Por: Sergio Marcos

Desfalcado, Flamengo vence Fortaleza de virada

Gabigol comemora o gol de empate do Flamengo (Pedro Chaves/AGIF)

O Flamengo superou os desfalques, venceu o Fortaleza por 2 a 1 e garantiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. O jovem Reinier, depois de toda confusão envolvendo o clube carioca e a CBF, garantiu a virada nos minutos finais e teve recompensada sua permanência no time da Gávea. Com o resultado desta quarta-feira, na Arena Castelão, o Rubro-Negro alcançou os 61 pontos na competição e segue como líder isolado.

O Rubro-Negro volta aos gramados no próximo domingo para o clássico contra o Fluminense, no Maracanã. A equipe de Rogério Ceni vai encarar o Grêmio, no sábado, na Arena Castelão.

Começo lá e cá


Embalado pela torcida, o Fortaleza começou o jogo ligado e tentou pressionar o Flamengo. No primeiro minuto de jogo, André Luís fez boa jogada e rolou para Marlon finalizar. O atacante do time da casa pegou mascado e bola foi direto pela linha de fundo. O Rubro-Negro respondeu cinco minutos depois com Reinier. Vitinho cobrou o escanteio e o jovem atacante quase abriu o placar de cabeça. Os times atuavam com muita intensidade no começo da partida e o jogo era animado. Aos 9 minutos, Nenê Bonilha soltou uma bomba em uma falta de longe, Diego Alves se esticou para espalmar e salvar o Flamengo.

Jogo esfria


Depois dos primeiros minutos com muita intensidade, o Fortaleza diminuiu o ritmo e o Flamengo começou a controlar mais a partida mantendo a posse de bola. A chance mais clara da primeira etapa foi com Reinier. Vitinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para área. A bola sobrou para Reinier, que teve tempo para dominar e bater de direita. A bola caprichosamente passou por Felipe Alves, mas Paulão fez uma 'defesa' para o Fortaleza e cortou quase em cima da linha. O Rubro-Negro terminou o primeiro tempo com 71% de posse bola, mas ficava devendo na criação de jogadas.

Pênalti para o Leão!


Na volta do intervalo, o Flamengo voltou tentando pressionar o Fortaleza, mas foi o Leão quem abriu o placar. Aos 12 minutos, Tinga chegou na linha de fundo e cruzou para área. A bola desviou no braço de Pablo Marí e o árbitro Paulo Roberto Alves Júnior, sem o auxílio do VAR, marcou a penalidade. Após a checagem e o pênalti confirmado, o lateral Bruno Melo cobrou bem e fez 1 a 0 para o time da casa.

VAR e gol do Gabigol!


O Flamengo se lançou ao ataque para tentar o empate e o VAR, mais uma vez, foi protagonista no jogo rubro-negro. Após um cruzamento na área, Rodrigo Caio ganhou de cabeça e a bola bateu no braço do zagueiro Quintero. O VAR acionou o árbitro da partida que, após revisar o lance, marcou a penalidade para o Rubro-Negro. Gabigol chamou a responsabilidade e colocou no funda da rede.

Virada de líder!


Jorge Jesus colocou o time para frente e o Flamengo buscou uma virada heroica. Em jogada ensaiada, Renê cobrou um lateral na área, Vitor Gabriel ajeitou para trás, e Reinier testou no ângulo. O Flamengo vira o jogo e garante uma grande vitória para disparar na liderança.

FICHA TÉCNICA:


FORTALEZA X FLAMENGO
Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)
Data-hora: 16 de outubro de 2019, às 20h
Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Árbitro de vídeo: Wagner Reway (Fifa/PB)
Gramado: Regular
Público/renda: 50.101 presentes / R$ 1.716.409,00
Cartão amarelo: João Lucas, Gabriel (Flamengo) / Nenê Bonilha (Fortaleza)
Cartão vermelho: -

GOL: Bruno Melo 15' 2°T (1-0) Gabigol 37' 2°T (1-1) Reinier 44' 2°T (1-2)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Araruna e Nenê (Juninho 23'2°T); Marlon, Felipe Pires, Kieza e André Luís (Edinho 44'1°T). Técnico: Charles Hemberti.

FLAMENGO: Diego Alves; João Lucas, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Renê; Arão, Gerson (Vitor Gabriel - Intervalo) e Reinier; Lucas Silva (Piris da Motta 15' 1°T), Vitinho e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.

CTR Craíbas