sbado, 20 de julho de 2019. 21:40
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Educação de Pão de Açúcar está sucateada

2019-03-12 10:12:00, Por: Sergio Marcos

Educação de Pão de Açúcar está sucateada

Foto: Divulgação

Quando se constata a realidade, é que se fica ainda mais triste com o destino que se toma a Gestão Pública de uma administração Pífia do município de Pao de Açúcar.


Ontem, 11 de março, dia programado no calendário ofical para o início de aulas e o que se constata é exatamente isso. Um amontoado de veículos quebrados em meio à ferragens velhas e sem manutenção. Ônibus sem pneus, acabando-se diante do sol em pleno primeiro dia de aulas.


Como iniciar as aulas? Se nem os ônibus e microonibus doados pelo Governo federal e com recursos carimbados para sua manutenção foram sequer revisados? Lembrando que só em 2018 foram mais de 173 mil reais destinados exclusivamente para a manutenção dessa frota via PNATE.


Como proibir os professores de última hora de andarem nesses veículos sem se quer avisar com antecedência? Como contratar professores provisoriamente para o início das aulas, se estamos diante de um concurso vigente?

Como suspender todos os professores desconfigurando toda à rede de ensino, lotando todo mundo no fundamental 1, desconsiderando a formação destes profissionais que durante anos se dedicaram ao fortalecimento da Educação Municipal?

Logo esse ano em que teremos avaliação de IDEB? E como ficam aqueles que sempre se dedicaram às disciplinas específicas? E nossas crianças aguardando um início de ano letivo que efetivamente não aconteceu? E os pais onde estão diante de tanto descaso?

É preciso urgentemente que a população tome providências  antes que, o que está ruim, possa ficar ainda pior neste tal “Novo Tempo”.

A Câmara de Vereadores de Pão de Açúcar tem o dever e a obrigação de fiscalizar esses desmandos com o erario público. E dar a devida resposta aos pais de alunos sobre a quebradeira da educação, quando se tem verba para custear os serviços.

Com a palavra o Ministério Público

CTR Craíbas