terÁa, 25 de junho de 2019. 04:43
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Em dia de nova ordem de equipe da Ferrari, Hamilton vence na China

2019-04-14 11:49:00, Por: Sergio Marcos

Em dia de nova ordem de equipe da Ferrari, Hamilton vence na China

Lewis Hamilton assumiu a liderança logo na largada ao passar o pole Valtteri Bottas e vencer pela 75ª vez na Fórmula 1. De quebra, ainda assumiu a liderança do campeonato. Sebastian Vettel terminou em terceiro no GP 1000 marcado por nova ordem de equipe da Ferrari, que pediu a Charles Leclerc para abrir passagem ao tetracampeão.

Lewis Hamilton fez hist√≥ria novamente ao vencer o GP da China, a mil√©sima corrida da hist√≥ria da¬†F√≥rmula 1, na tarde deste domingo (14) em Xangai. Longe de ter sido um primor de emo√ß√£o, a corrida teve um dos seus momentos decisivos logo na largada, quando Hamilton tomou a dianteira de Valtteri Bottas, o pole-position, e jamais foi superado desde ent√£o. Foi a 75¬™ vit√≥ria do pentacampe√£o mundial, ficando agora a apenas 16 de igualar a marca de Michael Schumacher. O brit√Ęnico, com o resultado deste domingo, assumiu a lideran√ßa do campeonato.

Outra marca histórica alcançada por Hamilton neste domingo foi a de passar das 4.000 voltas na liderança, sendo o segundo a fazê-lo. Melhor do que ele, apenas Schumacher, com 5.111 voltas na ponta.

Bottas chegou a esboçar uma luta pela vitória depois da primeira troca de pneus, quando conseguiu reduzir uma diferença de 5s para pouco mais de 1s. Mas o finlandês teve de se contentar com o segundo lugar na prova, sacramentando a terceira dobradinha consecutiva da Mercedes, algo jamais conquistado antes. Sebastian Vettel marcou seu primeiro pódio no ano e terminou em terceiro. O tetracampeão foi o beneficiado por mais uma ordem de equipe da Ferrari na temporada. Charles Leclerc largou melhor que o alemão e assumiu a terceira colocação, mas a equipe de Maranello alegou que Seb tinha melhor ritmo e estabeleceu a ordem: "Deixe Sebastian passar". Leclerc deixou, bem a contragosto.

 

CTR Craíbas