quinta, 17 de outubro de 2019. 02:37
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Estudante de 17 anos da UnB entra em coma alcoólico após trote

2019-08-31 17:09:00, Por: Sergio Marcos

Estudante de 17 anos da UnB entra em coma alcoólico após trote

Foto:Divulgação

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga um trote do curso de Biotecnologia da Universidade de Brasília (UnB) que terminou com um estudante de 17 anos em coma alcoólico. A universidade disse que vai abrir uma comissão de investigação para apurar as circunstâncias e responsabilidades do incidente que ocorreu na quinta-feira. Segundo informações da polícia, o calouro ingeriu, de forma excessiva vodca e cachaça.

A vítima, segundo os polícias, também teria batido a cabeça ao entrar no veículo de um aplicativo de transportes que o levou ao Hospital Universitário de Brasília (HuB), onde ele foi atendido.

O trote ocorreu por volta de 17h, na universidade. Segundo Tatiana Serpa, mãe do estudante, ele chegou ao HuB inconsciente, com ferimentos nas pernas e um corte na cabeça. Ela só soube que o filho estava internado uma hora depois.

"O jovem estuda tanto para entrar em uma universidade e uma coisa dessas acontece. Complicado, né? As pessoas têm que ter mais consciência com essas brincadeiras. Na verdade, não é uma brincadeira. A situação não foi fácil", disse Tatiana. O jovem recebeu alta médica na manhã de ontem. 

Situação lamentável, diz UnB

Em nota, a UnB disse que jovem foi imediatamente atendido, e os exames feitos na emergência descartaram a possibilidade de traumatismo. O texto também diz que a administração da universidade está, desde o início, em contato com a família, prestando toda a assistência necessária, por meio da direção e equipe do HUB.

"A Diretoria de Atenção à Saúde da Comunidade Universitária do Decanato de Assuntos Comunitários (Dasu/DAC) também está acompanhando o caso e oferecerá assistência psicológica", disse.

A UnB também pontuou que é "lamentável" que tal incidente tenha ocorrido e que a chegada à universidade é um momento de alegria, que deve ser celebrado, mas com condutas apropriadas ao ambiente acadêmico.

"Trotes são proibidos na instituição e, desde o ano passado, festas nos quatro campi não estão autorizadas. A administração fará, ainda hoje, a instalação de uma comissão de investigação para apurar as circunstâncias e responsabilidades", esclareceu.

CTR Craíbas