sbado, 19 de outubro de 2019. 06:37
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Estudante universitário encontrado morto no quarto após dois meses

2019-09-26 17:20:00, Por: Sergio Marcos

Estudante universitário encontrado morto no quarto após dois meses

Foto:Divulgação

O corpo de um estudante universitário foi encontrado num campus universitário, quase dois meses depois de ter morrido.

Os restos mortais foram descobertos na Universidade de Canterbury, na cidade neozelandesa de Christchurch, depois de os outros estudantes começarem a reparar num cheiro estranho vindo do quarto e de o padrasto da vítima ter alertado as autoridades por estar preocupado em não conseguir contactar o filho.

A vítima é identificada pela imprensa local como sendo Mason Pendrous, de 19 anos. Mas devido ao tempo que o corpo ficou dentro do quarto as próprias autoridades necessitaram de recorrer a uma equipa especializada para conseguir chegar à identidade.

Os quatro companheiros de quarto do jovem tinham todos saído do quarto umas semanas antes. Um dos seus amigos descreveu o jovem como um "tipo bom e confiável" que por vezes "desaparecia durante uma semana ou assim".

A universidade disse estar "devastada" com a morte do estudante. "Apesar dos programas de acompanhamento é inconcebível imaginarmos como é que estas circunstâncias ocorreram", explicou a vice-diretora Cheryl de la Rey em comunicado, citado pela BBC.

O incidente está a ser investigado por um médico legista, mas a causa da morte não resulta, para já, clara.

O ministro da Educação neozelandês, Chris Hipkins, disse esperar "que a universidade conduza uma investigação aprofundada". "Quem escolhe viver numa residência universitária paga não apenas pelo teto em cima da cabeça mas também pelo acompanhamento que daí advém. Acho que claramente isso não aconteceu neste caso", atirou.

CTR Craíbas