segunda, 09 de dezembro de 2019. 23:41
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Geisy Arruda lança livro erótico inspirado em histórias reais: "Sexo não precisa ter limites"

2019-12-02 10:12:00, Por: Sergio Marcos

Geisy Arruda lança livro erótico inspirado em histórias reais: "Sexo não precisa ter limites"

Geisy Arruda. Foto: reprodução/Instagram/geisy_arruda

Além de um canal no YouTube sobre sexo e o conteúdo que publica no Instagram, Geisy Arruda também quer tratar do assunto na ficção, no seu primeiro livro de contos eróticos, “O Prazer da Vingança”. De acordo com a autora, que também estrela o ensaio fotográfico que ilustra a publicação, a maioria dos 11 contos é inspirada em histórias reais, como é o caso de “Sexo na Web” e “Sexo Lésbico”. O lançamento online está, previsto para o dia 5 de dezembro.

“Sempre falei de sexo em rodas de amigos, com os crushs, e na internet já levantava questões sobre sexualidade. Comecei a escrever contos eróticos há oito meses, como uma brincadeira, nas horas vagas. Comecei a compartilhar com meus amigos e seguidores as minhas aventuras literárias”, disse a loura, em entrevista ao UOL.


Seguindo a sugestão de um amigo, Geisy começou a idealizar o projeto e criou sua protagonista, Gisele. “Ela é traída e descobre por uma mensagem de celular. Bem típico, né? Quem nunca recebeu um chifre e pegou pelo celular? E ela resolve se vingar desse marido safado. Ela não se separa. Ela se vinga, o que é muito mais divertido do que fazer um barraco e jogar as roupas dele na rua”, disse.

Em comum com a personagem, ela aponta a personalidade. “Sou vingativa nessa questão. Também tenho esse sangue frio, essa destreza e essa vontade louca de experimentar coisas novas. De não ter limites. Acho que sexo não precisa ter limites”, opinou.

Mas nem sempre Geisy, que perdeu a virgindade aos 13 anos, com um namorado bem mais velho, foi tão bem resolvida na cama. “Antes eu tinha muita vergonha de sexo. Depois da minha ninfoplastia, a cirurgia íntima, a minha vida mudou. De todas as cirurgias que eu fiz foi a que me tornou mais feliz”, revelou ela, que contou assistir a vídeos eróticos enquanto escrevia o livro.

CTR Craíbas