domingo, 26 de maio de 2019. 23:57
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Luciano Barbosa dificulta diálogo com ALE

2019-05-07 20:14:00, Por: Sergio Marcos

Foto: Dep. Davi Maia

Para a oposição, o governador Renan Filho perdeu uma “grande oportunidade”. Para o governo, foi um momento de aproximação. O evento é o mesmo, mas as versões dependem do olhar de cada um.

O almoço oferecido pelo governador Renan Filho, no Palácio dos Palmares, para os deputados estaduais na sexta-feira, 3, produziu uma boa foto – com o chefe do Executivo ao lado de 24 deputados estaduais. Mas não ficou só nisso.

O líder do governo, Sílvio Camelo (PV), avalia que o encontro foi positivo. “Serviu para aproximar mais os dois poderes. Foi um momento de descontração, de boa conversa. Alguns parlamentares aproveitaram para tratar de questões específicas, como a crise no setor leiteiro, além de conversas reservadas com o secretário da Casa Civil, Fábio Farias”, aponta.

Luciano Barbosa dificulta diálogo com ALE

PUBLICIDADE

O deputado Davi Maia (DEM), um dos poucos que faz oposição declarada ao governo de Renan Filho também avalia que o almoço foi positivo, com “boa conversa e muita descontração”. Para ele, no entanto, o governo perdeu a oportunidade de discutir com os deputados temas importantes.

“Não é todo dia que o governador consegue reunir numa mesa praticamente toda a Assembleia Legislativa. Estavam lá 24 dos 27 deputados. Acredito que o governador poderia ter aproveitado para falar sobre Alagoas, apresentar suas ideias e projetos”, aponta.

Davi Maia também considera que o governador e seus auxiliares poderia ter aproveitado para falar sobre alguns temas que vem sendo discutido regularmente na Assembleia Legislativa: “Existem muitas dúvidas sobre o Fecoep. Seria um bom momento para o governador explicar como o governo está usando e como pretende utilizar os recursos deste fundo. Faltou também falar de vários programas sociais que tiveram ou terão recursos cortados”, pondera.

Maia estranhou ainda a ausência do vice-governador Luciano Barbosa (MDB). “Dizem que ele pretende ser candidato à sucessão de Renan Filho. Se isso é verdade, creio que ele perdeu uma boa oportunidade de conversar e se aproximar dos deputados estaduais e da Assembleia Legislativa de Alagoas”, aponta, para emendar em seguida: “quem estava lá atento aos deputados, procurando ouvir e encaminhar as questões era o Fábio Farias”.

O almoço

Dos 27 deputados estaduais, 24 participaram do encontro no Palácio dos Palmares. Os deputados saíram juntos e retornaram juntos para a Assembleia Legislativa, acompanhando o presidente da Casa. Muitos só foram, especialmente governistas que andam “insatisfeitos”, porque foram convencidos por Marcelo Victor. Na avaliação de um experiente observador político, o encontro serviu mesmo para demonstrar a força de Marcelo Victor (SD).

Fonte: Blog do Edivaldo Junior

CTR Craíbas