segunda, 19 de agosto de 2019. 02:23
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Luxemburgo usa Twitter para criticar Eduardo Bolsonaro

2019-03-03 19:41:00, Por: Sergio Marcos

Luxemburgo usa Twitter para criticar Eduardo Bolsonaro

Foto: Divulgação

Na noite deste sábado (2), o técnico Vanderlei Luxemburgo postou um vídeo em sua conta do Twitter recriminando o deputado federal Eduardo Bolsonaro, um dos filhos do presidente Jair Bolsonaro, após seus comentários sobre a liberação de Lula para que ele fosse ao velório de seu neto, Arthur, de 7 anos.

“Só quem é avó sabe a dor que o avó tem quando perde um neto ou alguém abaixo de si na família. A sua fala foi inoportuna e oportunista”, disse Luxemburgo, antes de lembrar que torce para que Jair faça um bom governo.

“A sua fala no tweet foi desproposta (sic) de ser humano. Um ser humano não pensa assim, um ser humano pensa diferente. Quem é avó sabe o sentimento que o Lula teve. Você não tem e acredito que não vai ter, pela sua postagem”, continuou o técnico antes de encerrar o vídeo.

Na frase que acompanha o vídeo, Luxa lembrou que “a crítica não tem nenhum viés político ou ideológico, apenas o sentimento de quem também é avô”.

Eduardo Bolsonaro causou polêmica após a morte do neto de Lula ao responder a enquete de um usuário do Twitter que perguntava se o ex-presidente deveria ser liberado pela Polícia Federal para acompanhar o velório.

“Lula é preso comum e deveria estar num presídio comum.
Quando o parente de outro preso morrer ele também será escoltado pela PF para o enterro? Absurdo até se cogitar isso, só deixa o larápio em voga posando de coitado”, respondeu o deputado federal.

O filho do atual presidente do Brasil foi bastante criticado no Twitter até por pessoas que alegam terem votado em Jair Bolsonaro na última eleição. “Esse comentário dele foi infeliz e desnecessário”, disse um usuário. Outro chegou a pedir que Jair cortasse a internet de Eduardo.

CTR Craíbas