sbado, 19 de outubro de 2019. 06:59
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Maior entidade dos Policiais Federais, a Federação Nacional dos Policiais Federais sai em defesa de Bolsonaro

2019-09-08 21:30:00, Por: Sergio Marcos

Maior entidade dos Policiais Federais, a Federação Nacional dos Policiais Federais sai em defesa de Bolsonaro

Foto: Divulgação

Em nota oficial, a entidade afirma que “o presidente da República tem a prerrogativa exclusiva de nomear o Diretor Geral da PF (…) bem como substituí-lo como e quando achar oportuno”.

A nota também diz que “até o momento, não se tem notícia de qualquer interferência nas investigações em andamento no âmbito da PF, até porque a PF detém autonomia investigativa e técnico-científica asseguradas em lei”.

E que “os policiais federais reafirmam sua confiança no presidente da República, eleito segundo a regra democrática, e no ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública, considerado hoje um dos maiores ícones no combate à corrupção da história deste país”.

A Federação Nacional dos Policiais Federais representa mais de 90% dos Policiais Federais. Receber o apoio dos Policiais Federais representa um selo de qualidade e idoneidade, daqueles que possuem uma das maiores aprovações nacional. Precisamos está todos irmanados em defesa do governo democrático, popular e de resgate nacional do presidente Jair Bolsonaro. A nossa bandeira jamais será vermelha. Nossos valores pátrios não nos permite retroceder, diz Flávio Moreno, Conselheiro da Federação Nacional dos Policiais Federais e Coordenador Nacional dos Agentes Federais do Brasil, grupo independente com mais de 2 milhões de seguidores nas redes sociais que apoia e é alinhado à Bolsonaro, desde 2012, ano de sua criação.

Em 2012, o Deputado Federal Jair Bolsonaro por intermédio do então Policial Federal Eduardo Bolsonaro apresentou emenda de nossa autoria inicial, ao PROJETO DE LEI No 4.371, DE 2012. Foi a Emenda número 8, que buscava regulamentar as atribuições dos Policiais Federais, inexistente em lei. A emenda foi rejeitada pelo Relator do PL, mas os esforços valeram, concluiu Moreno.

Maior entidade dos Policiais Federais, a Federação Nacional dos Policiais Federais sai em defesa de Bolsonaro

Foto: Divulgação

A posição conflita com a da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF). Há duas semanas, numa carta aberta, a Adepol reconheceu que a nomeação do diretor-geral é atribuição do presidente, mas que:

— A Polícia Federal não deve ficar sujeita a declarações polêmicas em meio a demonstrações de força que possam suscitar instabilidades em um órgão de imensa relevância, cujos integrantes são técnicos, sérios, responsáveis, e conhecedores de sua missão institucional.

Segue a Nota da Federação Nacional dos Policiais Federais:

Maior entidade dos Policiais Federais, a Federação Nacional dos Policiais Federais sai em defesa de Bolsonaro

Foto: Divulgação 

CTR Craíbas