quinta, 22 de agosto de 2019. 19:18
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Mais uma cadeia pública é fechada no Ceará

2019-01-16 20:41:00, Por: Sergio Marcos

Mais uma cadeia pública é fechada no Ceará

Foto: Divulgação

A Cadeia Pública da cidade de Baturité, situada a 115,5 quilômetros de Fortaleza, foi fechada nesta quarta-feira, 16, segundo O POVO Online apurou. A operação faz parte do processo de desativação das cadeias municipais do Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) deste ano.

Além da prisão de Baturité, o Governo do Ceará havia interditado 27 cadeias públicas no Estado. (https://www.opovo.com.br/jornal/reportagem/2019/01/27-cadeias-publicas-sao-fechadas.html). A operação de desativação já havia sido iniciado no ano passado, mas foi intensificado neste mês com a chegada do secretário estadual de Administração Penitenciária, Luis Mauro Albuquerque, e a nova política prisional do Estado.

O POVO apurou com fontes da administração estadual que a expectativa é fechar 80 cadeias publicas no total. Os presos transferidos e suas famílias deverão receber apoio jurídico e psicossocial da área técnica da Seap.

Também apurou que entre as cadeias fechadas estão algumas unidades de grande porte como a Cigana (Caucaia). Na lista constam ainda Acaraú, Bela Cruz, Itapajé, Itarema, Jijoca de Jericoacoara, Morrinhos, Paracuru, Pentecoste, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu e Paracuru.

A ideia do Governo do Estado é construir 14 presídios regionais para substituir as cadeias existentes. A primeira unidade regional, em Horizonte, está em fase de finalização. De acordo com o secretário, as unidades foram fechadas por questão de segurança, uma vez que "não tinham estrutura de cadeia".

CTR Craíbas