segunda, 19 de agosto de 2019. 06:35
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Motoristas valorizam marca na hora de abastecer

2019-08-16 07:09:00, Por: Sergio Marcos

Motoristas valorizam marca na hora de abastecer

Foto: Divulgação

Primeiro, o carro começa a “engasgar” e o motor  perde a mesma potência. Depois o motorista sente dificuldade para dar a partida. No painel, uma luzinha aponta que algo está errado. O indicador de combustível passa a oscilar e, muitas vezes, o consumo aumenta sem motivo aparente. É hora de ficar alerta, porque esses são alguns dos sintomas de que um carro foi abastecido com combustível adulterado.

Muitos motoristas que viveram essa dor de cabeça passaram a dar atenção a uma lição fundamental:  você pode evitar muitos problemas se, ao abastecer, escolher combustível de uma marca de alta qualidade, credibilidade reconhecida e absoluta confiança pois, certamente, ali encontrará o produto que de fato está sendo oferecido.

A aparente economia ao encher o tanque com gasolina, diesel ou etanol mais barato encontrado em um posto desconhecido pode se tornar um grande prejuízo. Nos casos menos graves, basta a simples troca de uma peça. Quando os danos são extremos, porém, há um alto custo para o motorista e até a ocorrência de acidentes.

Para a empresária Renata da Cruz, colocar sempre a mesma gasolina aditivada de uma única marca virou um mantra desde que, em fevereiro deste ano, seu Fiat Palio “bateu o motor”. Os problemas começaram 15 dias depois que ela abasteceu em um posto que não era o de sua preferência, durante uma viagem para a região serrana.

— Nem foi por causa de preço baixo, mas era o posto que tinha na estrada. Logo depois meu carro ficou engasgando, começou a dar problema até pifar de vez. Tive um prejuízo de R$ 4 mil. Nem o fato de eu conhecer o básico de mecânica me livrou desse problema — lamenta Renata, dona de uma oficina no Leblon.

CTR Craíbas