segunda, 18 de maro de 2019. 16:45
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Polícia divulga lista dos mortos no massacre de Suzano

2019-03-13 19:14:00, Por: Sergio Marcos

Tiroteio na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, deixou dez mortos na manhã desta quarta-feira

O governo do Estado de São Paulo divulgou os nomes das vítimas fatais do ataque realizado por Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, nesta quarta-feira (13), na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo.

Confira a lista dos mortos:

Marilena Ferreira Vieira Umezo, coordenadora pedagógica
Eliana Regina de Oliveira Xavier, inspetora de pátio
Pablo Henrique Rodrigues, estudante
Claiton Antonio Ribeiro, estudante
Caio Oliveira, estudante
Samuel Melquiades Silva de Oliveira, estudante
Douglas Murilo Celestino, estudante
Guilherme Taucci Monteiro, assassino
Luiz Henrique de Castro, assassino
Jorge Antônio de Morais, empresário


A lista dos feridos também foi divulgada:


Adna Bezerra
Anderson Carrilho de Brito
Beatriz Gonçalves
Guilherme Ramos
Jennifer Silva Cavalcanti
Leonardo Vinicius Santana
Leticia Melo Nunes
Murilo Gomes Louro Benite
Samuel Silva Felix
As idades de todas vítimas não foram divulgadas.

Segundo o secretário de Segurança Pública, João Camilo Pires de Campos, que conduziu a entrevista coletiva com detalhes do massacre, as vítimas tinham entre 15 e 17 anos e eram estudantes do Ensino Médio.

O estudante Douglas Murilo Celestino chegou a ser socorrido, mas morreu dentro da ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) a caminho do hospital.

A vítima identificada como Jorge Antônio Morais é proprietário de uma empresa de lavagem de veículos, de onde os dois atiradores teriam roubado um Onyx branco usado para ir até a escola. O empresário é apontado como sendo tio de Guilherme Taucci, parentesco ainda a ser confirmado pela Polícia Civil, segundo o secretário. Antônio Morais foi baleado e chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu

 

CTR Craíbas