quarta, 13 de novembro de 2019. 23:05
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Prefeitura promove roda de conversa sobre violência contra a mulher

2019-11-06 10:32:00, Por: Sergio Marcos

Prefeitura promove roda de conversa sobre violência contra a mulher

Foto: Divulgação

Na manhã desta terça-feira (5), a Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, promoveu uma roda de conversa com o tema “Empoderamento Feminino na conjuntura atual”, na sala multieventos do Sesc Arapiraca.

Prefeitura promove roda de conversa sobre violência contra a mulher

Ângela Albino, mediadora do bate papo sobre violência de gênero.

Mais de 30 mulheres, representantes da rede municipal de assistência social, participaram do evento. As informações discutidas no encontro serão levadas para a população através dos serviços da Secretaria de Desenvolvimento Social.

A Secretária de Relações Institucionais da União Brasileira de Mulheres, Ângela Albino, foi a mediadora do bate papo que visou debater a violência de gênero.

“Estas profissionais já estão comprometidas na luta do enfrentamento da violência contra as mulheres. Quando a gente se debruça neste combate é uma forma de contribuir com a diminuição da violência na sociedade”, declarou a mediadora.

Prefeitura promove roda de conversa sobre violência contra a mulher

Anadja Almeida, Secretária de Desenvolvimento Social

Anadja Almeida, Secretária de Desenvolvimento Social, afirmou que debater as políticas para as mulheres é de fundamental importância.

“A palestrante Angela Albino é uma ativista, inspiradora do movimento em prol da garantia dos direitos das mulheres e tem um engajamento muito forte na área de políticas públicas. Este é um momento valioso para Arapiraca”.

A Violência contra a Mulher pode ser física, psicológica, sexual, patrimonial ou moral. A Prefeitura Municipal, através do Centro de Referência e Atendimento à Mulher em Situação de Violência (Cramsv), têm promovido palestras para orientar a classe feminina e apresentar os serviços gratuitos.

 

CTR Craíbas