sbado, 19 de outubro de 2019. 07:39
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

PSL Alagoas quer transformar municípios em Cidades Inteligentes e gerar empregos

2019-10-07 16:37:00, Por: Sergio Marcos

PSL Alagoas quer transformar municípios em Cidades Inteligentes e gerar empregos

Foto: Divulgação 

O Instituto Smart City Business, organização internacional presente em mais de 10 países, através de seu Presidente Nacional Dr. Jorge Barros, junto com o representante de Alagoas, o consultor Dr André Marroquin ministraram palestra para os possíveis candidatos às prefeituras alagoanas pelo PSL.

O Instituto Smart City Business vem conversando com os pré-candidatos do PSL. A convite do Presidente Estadual do PSL Alagoas, Flávio Moreno, a primeira apresentação pública do Instituto em Alagoas ocorreu no Encontro Estadual do PSL, no dia 17 de agosto, no Atlantic Maceió Mar Hotel.

Os palestrantes informaram que existem R$ 15 bilhões no BNDS para projetos das Cidades Inteligentes, contudo, até hoje por falta de projetos das prefeituras, nenhuma cidade obteve tais recursos para aplicação. O Instituto presta serviços ao Governo Federal para desenvolvimento das cidades.

Na palestra, os participantes puderam conhecer sobre a legislação, formatação e as várias aplicações para o desenvolvimento dos municípios e melhoria da qualidade de vida do cidadão através das Cidades Inteligentes, já utilizadas em cidades como Vitória, São Caetano, Curitiba, Londres e outras cidades pelo mundo.

Os membros do Instituto promoveram também visita a entidade dos Policiais Federais de Alagoas.

A transformação da cidade deve ser um processo contínuo, integrado e participativo. A vocação natural de Maceió e Alagoas por exemplo é o turismo.

O Presidente do PSL Alagoas, Flávio Moreno, diz: “já propomos a criação da Zona Franca do Turismo e o Plano Diretor do Turismo, com pólo em Maceió como forma de gerar desenvolvimento e empregos. Isso, usando o modelo das Smart City. Arapiraca também tem sua força, todas cidades tem um potencial. A cadeia produtiva pode acompanhar esse desenvolvimento em cidades inteligentes, da mobilidade urbana ao saneamento e fornecimento de água, das novas instalações, construção de resorts, cassinos a segurança pública e geração de empregos. O desenvolvimento precisa ser constante e feito de forma que se torne sustentável, gerando equilíbrio, integração, oportunidades e empregos, principalmente. Funciona onde é aplicado”

CTR Craíbas