sbado, 07 de dezembro de 2019. 02:11
<div class='trigger trigger_error'><b>Erro na Linha: #30 ::</b> Undefined variable: Pos<br><small>/home/serjaobl/public_html/themes/serjao_blog2/artigo.php</small><span class='ajax_close'></span></div>

Técnico do Grêmio parece cada vez mais atordoado desde que o treinador do Flamengo ganhou os holofotes do futebol brasileiro

2019-11-18 22:05:00, Por: Sergio Marcos

Técnico do Grêmio parece cada vez mais atordoado desde que o treinador do Flamengo ganhou os holofotes do futebol brasileiro

Foto: Renato Gaúcho está perdidinho desde que Jorge Jesus assumiu o Flamengo

Renato Gaúcho enchia a boca pra falar até pouco tempo atrás que o Grêmio praticava o melhor futebol no Brasil. Desmentido pela avassaladora campanha do Flamengo no Brasileirão e na Libertadores, o técnico agora ameaça deixar o Tricolor caso a diretoria não abra o cofre e faça um investimento que lhe dê condições de mostrar que é um “vencedor”, como ele mesmo se define.

É fácil entender a mudança de comportamento de Renato. Até então o técnico vinha se cacifando para ser o próximo técnico da Seleção Brasileira, antes ou depois da Copa de 2022. A chegada de Jesus bagunçou de vez o baralho da sucessão de Tite. O sucesso do técnico português, adepto de um futebol ofensivo, como Sampaoli no Santos, deixou o treinador desnorteado.

Primeiro, ele desdenhou de Jesus. Depois, minimizou os méritos do treinador, lembrando do investimento milionário do Flamengo. E agora quer que o Grêmio invista pra que ele não fique ainda mais pra trás nessa disputa. O problema é que ele não aprendeu algumas lições valiosas que Jorge Jesus lhe deu de graça. A principal é a falta de humildade de reconhecer o trabalho de um colega de profissão, o que infelizmente não é uma exclusividade de Renato Gaúcho. Jesus lembrou que os técnicos brasileiros sempre foram bem recebidos em Portugal e não vistos como uma ameaça aos profissionais portugueses.

Outra lição que o técnico do Flamengo lhe passou é que é possível disputar Libertadores e Brasileiro sem poupar os jogadores. Renato Gaúcho exagerou na dose e outra vez abriu mão do Brasileirão, como já havia feito no ano passado. Luta agora para terminar em quarto lugar, quando poderia quem sabe ter se tornado o principal rival do Flamengo no torneio. Pensou pequeno, apostou todas as fichas na competição sul-americana e vai terminar a temporada sem nenhum título de expressão mais uma vez. Não foi só pela falta de grana que você foi engolido, Renato.

CTR Craíbas